Histórico

A Mostra Live Cinema (mLC) é o resultado de um projeto que ganhou forma em 2007 quando ocorreu pela primeira vez uma Mostra Especial de Live Cinema dentro do Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro, o Festival do Rio. Seis artistas brasileiros se apresentaram em 3 noites da Mostra, que aconteceu na sala de cinema ODEON, especialmente preparada para receber as performances.

Em 2008 ocorreu um avanço com a realização de mais duas Mostras. A I Mostra Nacional de Live Cinema, na Caixa Cultural do Rio de Janeiro, que, além de apresentar 10 artistas vindos de 4 estados brasileiros, trouxe também para o público, pela primeira vez, uma mostra informativa de vídeos nacionais e internacionais e duas mesas de debates sobre a produção de Live Cinema no Brasil e no mundo. Neste mesmo ano também foi realizada a segunda Mostra Especial de Live Cinema dentro do Festival do Rio. Além da estreia do primeiro longa metragem interativo realizado no Brasil, especialmente produzido para ser apresentado numa performance de Live Cinema pelo cineasta Bruno Viana, o evento contou com a primeira participação de uma convidada internacional, a artista finlandesa SOLU.

Em 2009 a mLC se consolidou e fizemos a nossa primeira itinerância nacional. Com o patrocínio da PETROBRAS e o apoio do SESC Pompeia de São Paulo, a Mostra foi para a capital paulista, com 6 noites de performances audiovisuais, 2 importantes mesas de debates e ainda 2 palestras com os artistas internacionais. Foram 18 performances audiovisuais com destaque para os longas-metragens de Beto Brant, Bruno Viana e Alexandre Carvalho além das performances experimentais de Daito Manabe (Japão), Hol (BH), Claudio Caldini (ARG), Panetone (POA), Duo N-1 (AP) e Tomaz Klotzel (SP).

Em 2010 a mLC voltou à cidade do Rio de Janeiro com o patrocínio da Oi e apresentou ao público carioca 16 artistas, 2 internacionais e 14 brasileiros, além de 1 oficina, 1 palestra e 1 mesa de debate. Foram 16 performances que mostraram ao público as novas tendências do audiovisual feito ao vivo indo do live coding às composições performáticas e as instalativas, além de trabalhos com pegada mais experimental ou de cunho narrativo e cinematográfico que sempre fazem parte de nossas mostras. Em 2010 a mLC também fez a curadoria dos trabalhos de Live Cinema do Circuito SESC de Artes em parceria como SESC de São Paulo.

Em 2011 a Mostra Live Cinema consolidou a sua parceria com a Oi e contou também com o SESC Pompeia trazendo 12 artistas nacionais e 4 internacionais, com destaque para a atuação do canadense Herman Kolgen que apresentou as performaces INJECT e DUST e do alemão Kurt Laurenz Theinert com VISUAL PIANO, transformando a sala de exibição em um espaço esculpido por luzes e padrões gráficos variáveis gerados e modulados em tempo real.

Em 2012 a mLC, seguiu com patrocínio da OI, ampliou seus espaços de atuação passando a acontecer não só na sala de cinema e na fachada do edifício, mas também no espaço expositivo, escadas e hall de entrada do Oi Futuro de Ipanema. Foram 13 apresentações nacionais, além de mesa de debate e palestra.

Em 2013, a Mostra Live Cinema, novamente parceira da Oi, aconteceu no mês de dezembro no Oi Futuro de Ipanema. Paralelo ao evento foi realizada a ‘Oficina de Práticas Audiovisuais em Tempo Real (Live Cinema)’ nas Bibliotecas Parque das comunidades da Rocinha e do Complexo de Manguinhos, no Rio de Janeiro. Nosso intuito foi ampliar o acesso à mLC, possibilitando uma maior integração entre as pessoas e as obras audiovisuais além de colaborar para a formação de jovens artistas através da Oficina, que contou com o patrocínio da PETROBRÁS e o apoio da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro.

Em 2014 mais uma vez a mLC foi patrocinada pela OI contando desta vez também com o apoio da Riofilme. A mostra que aconteceu no mês de outubro no Oi Futuro de Ipanema, na Biblioteca Parque Estadual, Biblioteca de  Niterói e praça Agripino Grieco (Méier) contou com a apresentação de 10 performances audiovisuais.

Agora em 2015 a mLC, que continua sua parceria com a OI e Riofilme, acontecerá no mês de agosto e contará com a apresentação de 4 performances audiovisuais e de 1 palestra.

© Live Cinema