AFACTORY TRANSMÍDIA

 

Pixel Pixo

Pixel Pixo é Poesia Grafia, de Pedro Paulo Rocha, utilizada para compor  uma performance de Live Cinema com o Grupo Afactory Transmidia. De bairros da periferia ao centro da cidade, crossover entre telas e prédios, através de muros e janelas, um cyberbando pixa a cidade. Inspirado livremente na linguagem eletrônica do pixel e urbana da pichação a performance recria ao vivo trajetos de cyber pixadores na cidade,  intervindo com projeções e luzes,  transmitidas via stremming para dentro do cinema,  onde imagens  e sons em tempo real  são recriados misturando músicas, poesias sonoras e grafismos eletrônicos.

 

AFACTORY TRANSMÍDIA

Afactory Transmidia  é um grupo recém criado em São Paulo, formado por artistas multimídia que buscam experimentar processos híbridos  entre artes, linguagens, tecnologias, pessoas e lugares. Os primeiros trabalhos do Afactory misturam Cinema, Música, Poesia, Artes Plástica, Teatro, utilizando internet e  mobilidade  para experimentar  performance ao vivo de  Live Cinema, entre o ambiente urbano, o cyber-espaço e espaços imersivos, como a sala de cinema, instalações ou ocupações urbanas.  O grupo é composto pelos artistas Pedro Paulo Rocha (cineasta, artista multimídia e pesquisador de transmídias), Caleb Mascarenhas (músico, multi-instrumentista e produtor de música eletrônica), Fernando TRZ Falcoski (multi-intrumentista, designer e produtor musical do selo Samacô Records), Paulo Fluxuz e Carlito Moreira, além de diversos colaboradores.

 

Links:

Afactory Transmídia

Pixel Pixo

Vimeo

© Live Cinema