Gustavo Torres e Felipe Norkus

Despeço
Em Despeço utilizamos material imagético e sonoro anterior a nós, concebidos com outros significados, para outra finalidade. Projetamos loops de memória em super 8, fruto de filmagens caseiras descartadas adquiridas em feiras, ordenados e articulados de acordo com suas próprias aproximações.São postas à vista para serem lembradas, cada retorno do loop constitui uma nova camada de uma lembrança não vivida, ou o engatilhar de um dispositivo de lembrança intima ativado pela memória alheia.
a cada repetição: a diferença.
Utilizando microfones de contato captamos o som do funcionamento de cada projetor, do percurso feito pela película em seu interior, e o processamos em unidades de efeito, em tempo real. O som dos projetores evidenciado e modelado, assim como nossa presença e do aparato técnico necessário, está para contradizer qualquer resquício de factual impregnado no lembrar, está para revelar o caráter construtivo de cada lembrança, da memória.
A performance é construída como uma composição de imagens editadas e sons processados que, habitando o mesmo espaço e tempo, se transformam em um corpo único porém inacabado, que desiste desta tarefa impossível e mergulha em seu fim inevitável, a destruição dos filmes, que queimam num contato histérico (por atenção) com o calor da lâmpada (o elemento que garante sua projeção).
Sobre os artistas

Gustavo Torres é formando em cinema pela UNESA, com passagem pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro e IATEC, além de cursos na EAV/Parque Lage. Em sua pesquisa atual, dá atenção ao esvaimento da imagem, sua impossibilidade de existência ou de visualização, conferindo singular importância à materialidade e à presença dos aparatos produtores de imagem e som.Felipe Norkus é formado em Design gráfico pela PUC Rio. Desde 2009 desenvolve pesquisas sonoras e visuais a partir de sensores e sintetizadores. Sua pesquisa reside na investigação de sistemas autônomos e no fenômeno do feedback nos mesmos.

 

Link-se:

Gustavo Torres
Felipe Norkus

© Live Cinema