Lillevan

Fixation Fields é uma obra audiovisual que explora a relação entre luz, ritmos, psicologia e o olho.

Inspirado vagamente pelas teorias expressadas por Rudolf Arnheim sobre Gestalt na arte e percepção, Lillevan cria um arranjo visual de grande densidade e poesia visual, enfatizando a forma como novas relações entre som e imagens em movimento criam significado na comunicação atual. Utilizando software personalizado, ‘Fixation Fields’ gera sons através da análise de sequências de imagens, compondo uma colagem em tempo real a partir de um acervo imenso de experiências visuais e orgânicas coletadas em pesquisa ao longo dos últimos dez anos.

Os sons e imagens em movimento são arranjados e manipulados durante a apresentação, criando uma experiência cinematográfica densa – um manifesto poético de percepção visual, assim como a fixação e dispersão do olhar.

 

Sobre o artista

Lillevan trabalha com animação, vídeo e arte de novas mídias. É mais conhecido como membro fundador do coletivo visual/musical Rechenzentrum (1997-2008). Paralelamente a seu trabalho no Rechenzentrum, Lillevan já se apresentou e colaborou com artistas de uma variedade de gêneros, de ópera a instalações, e do minimalismo experimental eletrônico a música dance ou erudita. Suas apresentações com Rechenzentrum e outros projetos cobrem o mundo todo – do Brasil à Sibéria, da Coréia a Cuba, Belgrado e Detroit. Premiado e indicado em diversos festivais cultuados (Ars Electronica, Oberhausen Kurzfilmtage, etc).

© Live Cinema